O Social em Questão - Revista do Departamento de Serviço Social PUC-Rio - Página inicial
Rio de Janeiro, 16/08/2018
ISSN 1415-1804 (Impresso) | ISSN 2238-9091 (Online)
Ano 20, n. 39 - set.-dez./2017

Edição


Gramsci e a religião: uma leitura a partir da América Latina

Giovanni Semeraro

Gramsci and religion: a reading from the Latin America

Neste artigo se apresenta uma análise das notas de Gramsci sobre a religião, em particular, sobre a igreja católica e o cristianismo. São destacadas as distinções que Gramsci faz entre os elementos revolucionários do cristianismo e a estrutura feudal da igreja. A esta, que conduz as massas populares na condição de subalternidade, Gramsci contrapõe a “filosofia da práxis” que promove o autogoverno e a conquista da hegemonia. Na segunda parte se estabelece um contraponto entre as considerações de Gramsci sobre cristianismo (e Igreja Católica) e o papel da Teologia da Libertação na América Latina. Aqui, nestas últimas décadas, setores significativos de cristãos, utilizando instrumentos analíticos do marxismo e do pensamento de Gramsci, fizeram uma “opção pelos pobres” e conferiram uma nova configuração à religião e à politica.

Palavras-chave
Igreja Católica; Cristianismo; Antonio Gramsci; América Latina; Teologia da Libertação.

  

Title: Gramsci and religion: a reading from the Latin America

This article proposes an analysis of Gramsci’s notes on religion, in particular on Christianity’s and the catholic Church’s. We highlight his distinctions of Gramsci between the revolutionary dimensions which Christianity contains and the feudal structure of the Church. To this latter, which maintains the popular masses in a condition of subalternity, Gramsci counterposes the “philosophy of praxis” directed towards self-government and the conquest of hegemony. In the second part of the article, we establish a counterpoint between Gramsci’s considerations on Christianity (and the Catholic Church) and the role of Liberation Theology in Latin America. Here indeed, over the last few decades, significant sectors of Christians, making use of the analytical instruments provided by Marxism and by the thought of Gramsci, have made their ‘choice for the poor’, thereby giving religion and politics a new configuration.

Keywords
Catholic Church; Christianism; Antonio Gramsci; Latin America; Theology of liberation.




Gramsci e a religião: uma leitura a partir da América Latina

LICENÇA CREATIVE COMMONS

Creative Commons Esta obra está licenciada com uma licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.