O Social em Questão - Revista do Departamento de Serviço Social PUC-Rio - Página inicial
Rio de Janeiro, 20/08/2019
ISSN 1415-1804 (Impresso) | ISSN 2238-9091 (Online)
Ano 21, n. 44 - mai.-ago./2019

Edição


Loucos, Drogados e Associados: participação social no campo da saúde mental em tempos austeros

Samira de Alkimim Bastos Miranda, Lêda Antunes Rocha, Robson Kleber de Souza Matos e Luci Helena Silva Martins

Crazy, Drug and Associates: social participation in the field of mental health in austere times

Num contexto de desmonte do Sistema Único de Saúde em detrimento dos ajustes econômicos nas políticas sociais, a política de saúde mental tem padecido inúmeros atravessamentos. A participação popular, sobretudo o engajamento dos que são alvo desta política é fulcral para a luta e garantia de direitos. O presente artigo buscou identificar e analisar a organização coletiva dos usuários e seus familiares na política de saúde mental do município de Montes Claros-MG através da inserção numa Associação. Trata-se de um estudo de caráter qualitativo que se utilizou de análise documental e da observação participante. Percebeu-se que a nível, a organização dos usuários e familiares dos serviços substitutivos por meio de uma Associação desempenha papel crucial no processo de defesa de direitos e aperfeiçoamento das políticas públicas direcionadas a este segmento social.

Palavras-chave
Participação social; Associação; Política de Saúde Mental.

  

Title: Crazy, Drug and Associates: social participation in the field of mental health in austere times

In a context of dismantling of the Unified Health System to the detriment of economic adjustments in social policies, the mental health policy b has suffered numerous crossings. Popular participation, especially the engagement of those who are the target of this policy is central to the struggle and guarantee of rights. This article sought to identify and analyze the collective organization of users and their families in the mental health policy of the Montes Claros' county -MG through the insertion in an Association. It is a qualitative study that used documentary analysis and participant observation. It was noticed that at local level, the organization of users and family members of substitutive services through an association plays a crucial role in the process of defending rights and improving public policies directed to this social segment.

Keywords
Social Participation; Association; Mental Health Policy.




Loucos, Drogados e Associados: participação social no campo da saúde mental em tempos austeros

LICENÇA CREATIVE COMMONS

Creative Commons Esta obra está licenciada com uma licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.